quarta-feira, 7 de setembro de 2011

O que é perdoar?


Vamos falar sobre o perdão.


O que é perdoar?
Como perdoar?
É preciso perdoar?

Esse tema é profundo e causa muita confusão. Todos já passaram por situações que precisaram perdoar e também serem perdoados.

Abaixo,vamos analisar o perdão visto por diversas religiões, cada uma mostra do seu modo o que é perdoar e ser perdoado.
Análise, veja qual das religiões está mais sintonizada com seu pensamento.    


O Perdão pelo Catolicismo.

Jesus usou esta linguagem figurativa quando ensinou aos discípulos como orar: "e perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós temos perdoado aos nossos devedores". Uma pessoa se torna devedora quando transgride a lei de Deus. Cada pessoa que peca precisa suportar a culpa de sua própria transgressão e o justo castigo do pecado resultante. Ele ocupa a posição de pecador aos olhos de Deus e perde sua comunhão com Deus.
A boa nova do evangelho é que Jesus pagou o preço por nossos pecados com sua morte na cruz. Quando aceitamos o convite para a salvação através de nossa obediência aos mandamentos de Deus, ele aceita a morte de Jesus como o pagamento de nossos pecados e nos livra da culpa por nossas transgressões. Não ficamos mais na posição de infratores da lei ou devedores diante de Deus. Somos perdoados!
O perdão, então, é um ato no qual o ofendido livra o ofensor do pecado, liberta-o da culpa pelo pecado. Este é o sentido pelo qual Deus “esquece” quando perdoa. Ele liberta a pessoa perdoada da dívida do seu pecado, isto é, cessa de imputar a culpa desse pecado à pessoa perdoada. Portanto quem perdoa é Deus os nossos erros e os dos outros.


O Perdão pelo Espiritismo

Os espíritos superiores nos esclarecem que o inferno e o sofrimento eterno não existem, assim, se nem Deus nos julga, como podemos julgar, quanto mais condenar alguém?
A Lei Divina é o amor que abrange todas as coisas e todas as criaturas do universo. A oportunidade que Deus nos dá de reencarnar, para reparar erros cometidos anteriormente, revela o amor e a bondade de Deus que exemplifica o Perdão.
Ao perdoar, devemos fazê-lo com sinceridade, e se decidir falar ao ofensor sobre a falta que ele cometeu, diga com ternura e com o coração aberto, sem ofendê-lo e sem exigir que se humilhe perante ti. O perdão sincero é filho do amor, assim, não exige qualquer reconhecimento.


O Perdão pelo Budismo

O perdão é uma decisão de ter a pessoa em questão de maneira confortável dentro de nós novamente. Nós não perdoamos para esquecer. Nós perdoamos para recuperar a paz interna perdida.


O Perdão pelo Xintoísmo

No xintoísmo não existem mandamentos que dizem o que os homens devem ou não fazer. Nele, vale a autoconsciência, ou seja, o homem sabe, pela sua própria natureza, o que deve fazer.
A vida, os instintos e tudo o que serve para conservá-la e torná-la mais bela são avaliados de maneira positiva. A morte e tudo o que a ela conduz - como doença, falta de sorte e infelicidade - são avaliados negativamente e devem ser evitados.
Não existindo pecado, não deveria existir o sentimento de culpa ou de perdão, mas o xintoísmo recorre às purificações por um sentimento de justiça a quem é mais justo.


O Perdão pelo Evangélico

O perdão é uma escolha, um ato da obediência. Não é tanto uma questão de fé, mas de decidir obedecer a uma ordem do Senhor.
O amor é isso, não fomos nós que amamos a Deus, mas foi Ele que nos amou e mandou seu filho para que, por meio dEle, os nossos pecados fossem perdoados.
Do momento que Deus nos ama, também devemos amar uns aos outros. Perdoando uns aos outros como Cristo nos perdoa.



O Perdão pelo Judaísmo

A palavra perdão poeticamente pode ser tomada como aumentativo, da perda. Um perdão, nos apontando para uma grande perda. Que perda é essa? é a perda da ilusão de perfeição. Só se pede perdão, ou se é perdoado, através da admissão do erro, do engano, do equívoco, da
falha ou do mal feito. Desse modo, o perdão é a fragmentação narcísea, quando a imagem de perfeição se parte em cacos. Quebrando a idealização da imagem onipotente do ego se revela a essência verdadeira do ser. O perdão é o parto de si . É preciso o desapego ao ego para chegarmos verdadeiramente a si. No perdão as perdas dão cria.



O Perdão pelo Islamismo

Alguns dos pecados menores são expiados através do ritual da lavagem, no qual os muçulmanos são obrigados por Maomé a lavar certas partes do corpo antes de orar a Alá, para pedir perdão. Se não se lavarem antes, Alá não aceitará as suas orações de perdão.
Os teólogos muçulmanos também discordam quanto ao número de diferentes maneiras que um muçulmano pode receber o perdão para os pecados menores e os pecados maiores. As mais comuns são baseadas nos versos do Alcorão e do Hadith (ditos e ensinos de Maomé e dos Califas – seguidores de Maomé). Portanto quem perdoa é Alá os nossos erros e os dos outros.


O Perdão pela Seicho- No-Ie 

Se formos capazes de rezar por nós mesmos, já teremos dado um grande passo. Se fizermos isso diariamente, com o passar do tempo seremos capazes de perdoar. Perdoar não é esquecer. Não se pode esquecer uma ferida. Jesus se orgulha de suas chagas e não quer se esquecer delas, pois é sua prova de amor por nós. A pessoa que nos magoou, feriu, nem precisa saber que a perdoamos. Não precisamos nos relacionar com ela, como em casos em que a pessoa foi molestada sexualmente, ou de grandes traumas. Mesmo que a pessoa a quem devemos perdoar já tenha falecido, ainda assim podemos e devemos perdoar. Muitas curas acontecem em nossa saúde quando perdoamos de verdade. 



O Perdão pela Igreja Messiânica

Perdoar significa tocar a vida para frente, tornar-se responsável pelos seus sentimentos e deixar de ser vítima das situações dolorosas. Além disso, é um caminho para se reconectar com a intenção positiva. “Significa mudar sua história, tomar melhores decisões e ser conduzido a uma vida mais saudável e feliz.
Assim como os sentimentos positivos, os negativos também chegam até as pessoas pelos elos espirituais e, certamente, podem atrapalhar suas vidas: “Ficamos mal-humorados, perturbados e não podemos desempenhar corretamente nossas tarefas; nessas condições o sucesso é impossível”. Quanto maior a capacidade de perdoar, menos problemas nas artérias coronárias surgem no decorrer da vida, evitando doenças.


O Perdão pelo Hinduismo

As pessoas às vezes acham que perdoar é deixar que os outros passem por cima delas novamente ou acham que perdoar é voltar para trás.
No entanto perdoe sempre, pois este é o caminho da luz, é o que Brahman quer para você e Brahman sempre quer o melhor.
Uma pessoa cheia de ódios e coisas negativas não consegue ser feliz, a negatividade puxa a pessoa para baixo. Você só consegue ser feliz com coisas boas dentro de você.
O perdão não só elimina coisas ruins como acrescentam boas: o real amor divino e a limpeza emocional, espiritual e mental.

7 comentários:

  1. Perdoar é sempre difícil, pois este ato tem que sair da alma, do coração, com sinceridade.

    (Mateus 18:21) - Então Pedro, aproximando-se dele, disse: Senhor, até quantas vezes pecará meu irmão contra mim, e eu lhe perdoarei? Até sete?

    (22) - Jesus lhe disse: Não te digo que até sete; mas, até setenta vezes sete.
    Espero ter contribuido, abraço.

    ResponderExcluir
  2. Caro Lenildo. Você é especial! Fico contente em ver como seu espirito é grande e puro.
    Obrigado, um abraço.

    ResponderExcluir
  3. Amigo Augusto,
    Independente de religião, o perdão é uma arte e uma virtude, quando guardamos mágoa ou ressentimentos nos tornamos escravos destes sentimentos,no qual nos incomoda dia após dia,o perdão é libertar se de vinculo com o ódio, e apoderar se do amor verdadeiro.E viver de bem consigo mesmo e com o próximo.Uma das passagens Bíblica que aprecio é a seguinte que de tudo tudo que se deve guardar, guarde o teu coração pois é dele que sai as fontes de vida.Portanto o nosso coração deve se proteger de sentimentos que nos aprisiona.



    Abraços e bom feriado pra você

    ResponderExcluir
  4. Legal Cecilia. Só o fato de falarmos sobre o perdão já é maravilhoso. Poucos sabem o quanto é bom entender o perdão seja qual for sua religião.
    Um abraço e muito obrigado.

    ResponderExcluir
  5. Eu apreciei muito conhecer e entender como é o teor desta palavra para cada religiao. O perdão é a remição de uma falta ou ofensa. E uma virtude de alguem capaz de ouvir, analisar e aceitar a outra parte.

    "O fraco jamais perdoa: o perdão é uma das características do forte."
    Mahatma Gandhi

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Um grande exemplo Sissyn. Gandhi é a síntese do perdão. Ele entendeu a força do perdão e pois em pratica.

    Um abraço e muito obrigado.

    ResponderExcluir
  7. Perdoar é um ato de humildade O perdão é citado na Bíblia em
    Salmos 86:5 Mateus 18:21-22 Marcos 11:25-26 Lucas 17:3-4 1 João 1:9 Colossenses 3:13

    ResponderExcluir