sábado, 18 de junho de 2011

Harmonizando a beleza do Ocidente com a do Oriente.

Solo Sagrado de Guarapiranga.


Seguindo o exemplo da natureza, onde tudo se desenvolve a partir de uma pequena forma ou de um pequeno modelo, Mokiti Okada (1882-1955), também conhecido como Meishu-Sama, iniciou em 1945 no Japão a construção de protótipos do Paraíso Terrestre, os quais chamou de Solos Sagrados. Estes locais caracterizam-se pela harmonia entre a beleza natural e a criada pelo homem. O objetivo de Meishu-Sama (que em português significa "Senhor da Luz") era deixar para a humanidade a base para a construção de um Mundo Ideal, consubstanciado na Verdade, no Bem e no Belo. Ele os estabeleceu nas cidades de Hakone, Atami e Kyoto, objetivando que, a partir deles, outros modelos pudessem ser construídos ao redor do mundo, como uma pedrinha que se joga no centro de um lago e vai formando círculos de pequenas ondas até chegar às margens.
No Brasil, o protótipo do paraíso foi construído à margem da represa de Guarapiranga, em São Paulo, numa área de 327.500 metros quadrados e é conhecido como Solo Sagrado de Guarapiranga. Hoje, é considerado um dos maiores espaços para a contemplação da natureza e meditação existentes no Brasil.
Harmonizando a beleza do Ocidente com a do Oriente, a sua construção começou em 1991, após um elaborado projeto, em que cada detalhe foi estudado para proporcionar às pessoas um lugar onde elas pudessem meditar e entrar em sintonia com a natureza, elevando a sua espiritualidade. Para isso, milhares de voluntários de todos os lugares do Brasil e também de outros países se revezaram em mutirões e contribuíram, impregnando o local com seu amor, gratidão e sinceridade.
Marcel Vincenti/UOL
Já na entrada, sente-se uma maravilhosa energia: de um lado, a imensidão da represa de Guarapiranga; do outro, o verde em seus inúmeros tons.Depois, alamedas floridas e pedras de diferentes tipos colocadas em diferentes posições. Tudo feito para que as pessoas possam sentir que realmente o paraíso pode ser construído. Atualmente, o Solo Sagrado vem sendo utilizado por diversas instituições públicas, privadas e religiosas, que realizam eventos e cerimônias, aproveitando as modernas instalações e recursos, assim como a maravilhosa atmosfera do local, que torna as atividades bastante agradáveis.

FILOSOFIA 
Ao longo de três mil anos, a humanidade veio se afastando 
cada vez mais da Lei da Natureza, que é a Lei do Universo, 
a vontade de Deus, a Verdade.
Movido pelo materialismo, que o faz acreditar somente naquilo
que vê, e pelo 
egoísmo, que o leva a agir de acordo com sua 
própria conveniência, o homem tornou-se prisioneiro de uma 
ambição desmedida e inconsequente e vem destruindo o equilíbrio 
do planeta, criando para si e para seu semelhante 
desarmonia e infelicidade.
As graves conseqüências do desrespeito às Leis Naturais 
podem ser verificadas na agricultura, na medicina, na saúde, 
na educação, na arte, no meio ambiente, na política, na economia 
e em todos os demais campos da atividade humana. Essa situação 
já chegou ao seu limite. 
Se continuar agindo assim, é certo que o homem acabará destruindo 
o planeta e a si mesmo.
O propósito da Filosofia de Mokiti Okada é despertar a humanidade, 
alertando-a para essa triste realidade. Ela cultiva o espiritualismo 
e o altruísmo, faz o homem crer no invisível e ensina que existem 
espírito e sentimento não só no ser humano, mas também nos 
animais, nos vegetais e nos demais seres.
O Johrei, a Agricultura Natural e o Belo são práticas básicas 
dessa filosofia, capazes de transformar as pessoas materialistas 
em espiritualistas e as egoístas em altruístas, restituindo ao 
planeta seu equilíbrio original.
Seu objetivo final é reconduzir a humanidade a uma 
vida concorde com as Leis da Natureza e construir uma nova 
civilização, alicerçada na verdadeira saúde, na prosperidade e na paz


Nos finais de semana o Solo Sagrado oferece gratuitamente 
aos visitantes, agendados ou não, um passeio guiado, 
uma atividade de conhecimento, entretenimento e interação 
através da apreciação da natureza. Para isso, contamos com u
m grupo de voluntários que atuam como guias fornecendo 
informações sobre o local.

Os passeios acontecem de hora em hora, a partir das 10 horas, 
saindo do pórtico (localizado na recepção do Solo Sagrado,
na Praça da Paz, próximo à portaria). Os interessados devem 
se dirigir ao local e entrar em contato com o guia responsável 
pelo passeio guiado. Mais informações pelo telefone (11) 5970-1127.

Fonte: Igreja Messiânica Mundial do Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário